Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


O dia em que tive folga e fiz uma tarte de pêssego para levar para o jantar em casa da J e do F

here in littlebubble, em 05.09.12


Ainda não posso garantir a qualidade do produto, mas vou ter muitos experimentadores esta noite.

O que me chateia nas tartes é que nunca sei quanto tempo devem ficar no forno. Na receita falavam em 30/40 minutos mas ainda estava tão branquinha... Fui deixando ficar mais 5 minutos de cada vez até ter uma cor decente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 19:16

Cruzadex e a sua relação com as escolhas da vida.

here in littlebubble, em 04.09.12

Ando semi-viciada em cruzadex.

 

 

O objectivo deste passatempo é preenchermos espaços em branco com uma palavra das listas de palavras que nos são fornecidas, tendo em conta as relações cruzadas com umas e outras palavras.

Acho realmente que este jogo é uma metáfora para a vida. Também na vida somos confrontados com uma série de situações que temos que coordenar com o que temos à nossa volta de forma a que, no fim, tudo se encontre disposto de acordo com o que é devido.

Podemos enganar-nos e, por engano ou distracção, tentar encaixar uma palavra errada no sítio onde deveria estar uma outra mas aí que remédio temos senão apagar ou riscar e voltar atrás e tentar de novo?

 

Num próximo post, hei-de averiguar qual o significado do sudoku ou do jogo da macaca na vivência humana.

 

Num outro tópico completamente não-relacionado, o estagiário é simpático, agradável à vista e mais velho do que seria de supor.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 20:22

O estagiário.

here in littlebubble, em 03.09.12

Amanhã começa um novo estagiário na farmácia.

E é um rapaz.

 

Como somos só mulheres, há alguma expectativa... de alguma alegria para o dia a dia.

 

Mais novidades amanhã.

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 23:02

Pedro Abrunhosa e as lamechices do costume.

here in littlebubble, em 03.09.12

Ontem tive um melt down. Estou naquela altura do mês e, como tal, estou sujeita a estados emocionais alternativos por falta das minhas hormonas do costume. E então, depois de um fim de semana na terra da minha avó, em que fui até às festas do Crato ver o Pedro Abrunhosa, cheguei a casa e chorei.

A culpa também é do Pedro Abrunhosa e do seu "Não Desistas de Mim" e de ele fazer os seus discursos no interlúdio das músicas em que referiu que nunca devemos deixar para depois o dizer aos outros o quanto os amamos. Porque o depois ou o amanhã pode não chegar e os sentimentos não podem ficar sem serem ditos.

Acho que nunca o fiz. Nunca deixei um carinho por dizer. Às vezes até me irritava a mim própria estar constantemente a declarar o meu amor por ele, quando muitas das vezes a única coisa que ouvia era um "eu também". E até tentava evitar a dizer, a ver se alguma das vezes era eu a dizer o "também". Mas era raro. Mas custa. Porque parecia que era eu a dizer o "não desistas de mim" mas a falar para o vazio porque ele já se tinha ido embora, já tinha desistido e tudo o que eu fazia era cantar para o eco da casa vazia.

Então ontem chorei.

Hoje, segunda.feira, início de mês, a primeira coisa que disse quando acordei não foi o típico "que dia é hoje?" nem o desesperado "já??" mas sim "hoje é o início de uma nova era".

E vou tentar. E vou lutar. E vou conseguir. Vou superar e deixar-me de mariquices.

Ele saiu, desistiu de mim mas eu não posso fazer o mesmo.

Não posso desistir de mim.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

às 14:14

Pág. 3/3



...retalhos de pensamentos, post its de emoções, pedaços de músicas, imagens que falam comigo e tudo mais aquilo que fizer a minha mente fervilhar...

E sobre mim...

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2012

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30



Back there

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D