Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


João Rebocho Pais: Estranhara a incongruência caligráfica, mais ainda a origem masculina e o porquê da coisa...

here in littlebubble, em 11.08.12
o intrinseco de manolo
Sinopse:
Na aldeia alentejana de Cousa Vã - vizinha da espanhola Ciudad del Sol - o nome de Manolo anda nas bocas escancaradas dos que passam as tardes na tasca a aviar minis, quiçá para que ninguém repare no que realmente se passa em suas casas - e talvez seja melhor assim. É, porém, facto indesmentível que Maria tem o hábito de desaparecer às sextas-feiras - e isso basta para que a mediocridade omnipresente faça do marido um adornado e da chacota um estranho alívio para a dureza dos dias. Manolo refugia-se do falatório acusador à sombra de uma azinheira secular, único ser vivo com quem pode dividir agora as suas mágoas; e, embora certo da virtude da sua Maria, não ignora a missiva que o carteiro lhe deixou em casa nessa manhã e que trazia - pois é - remetente espanhol… No jogo repetido que é o dia-a-dia dos lugares pequenos - onde ninguém ganha e quase todos perdem -, a descoberta da improvável verdade trará, mesmo assim, a Manolo a oportunidade de mostrar aos conterrâneos, de forma anónima, o seu intrínseco, seguindo os ensinamentos dos que, sendo velhos ou já desaparecidos, são parte importante da sua história - e da de Cousa Vã. Com um trabalho notável na composição das figuras e uma recuperação inteligente da linguagem popular de um Alentejo quase mítico, João Rebocho Pais estreia-se na ficção com um romance terno, mágico e, ocasionalmente, escatológico sobre o poder da excepção sobre a regra.

Crítica:
Através de uma linguagem engraçada, rude e composta ao mesmo tempo, o narrador transporta-nos para uma aldeia perdida no Alentejo profundo, a uns passinhos da fronteira, onde conhecemos uma série de personagens, todas elas tão diferentes e complexas (seria possível viverem efectivamente numa aldeia?). Serão elas a hipérbole da sociedade moderna mas desta vez todas presas numa única localidade? Falam-se de temas como o álcool, a homossexualidade, a ninfomania, as mentes tacanhas, o amor pela natureza, a loucura, a (falta de) higiene pessoal e um amor incrível, enorme, arrebatador, renascido e para sempre.
Vale muito a pena
.
Pontuação: 4/5

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

às 20:21


...retalhos de pensamentos, post its de emoções, pedaços de músicas, imagens que falam comigo e tudo mais aquilo que fizer a minha mente fervilhar...

E sobre mim...

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Agosto 2012

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031



Back there

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D